Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \20\UTC 2008

Esquizofrenia

Catarina estava a cada dia mais desbitolada.
Ultimamente dava uma de desbravadora, achando barzinhos e fios de cabelo branco nos outros.
Seu último achado foi uma pintinha em um dos próprios seios.
Achou engraçado.

Read Full Post »

14/06/2008

Eu adoro House.
Um dos meus episódios preferidos é o “Hunting”, da segunda temporada. Não gosto tanto do episódio pelo caso, apesar de ser bom, mas por um diálogo do House com a Stacy (ex-mulher dele).
Eles estão no sótão (?) da casa dela e ela conta que fuma escondida do atual marido. Fui procurar o diálogo na internet e encontrei:

Stacy Warner: Okay, I blow my smoke into the vents so Mark doesn’t know.
Dr. Gregory House: I always knew it.
Stacy Warner: Bluffing!
Dr. Gregory House: You started two weeks after my surgery. Menthols, then lights after a month.
Stacy Warner: Why didn’t you say anything?
Dr. Gregory House: ‘Cause it helped me monitor your misery level. One trip outside was a good day, upwards of six you were hell.

Bem normal, né? Mas a minha parte preferida do diáologo ‘tá faltando. É que o House pede desculpas por tê-la feito tão triste.
Pelo menos ele se desculpa…

Read Full Post »

Ontem tivemos pequenos tópicos sobre realismo, impressionismo, expressionismo, etc na aula de história. Sempre gostei de Monet e Renoir, mas Courbet consegue ofuscar esses dois facilmente, na minha humilde opinião.
Foi comentado sobre o famoso “A Origem do Mundo”, do Gustave, que foi o quadro que o deixou famoso por ser muito…ousado, e desenhar com precisão o, digamos, tema abordado.
Achei interessante postar, como curiosidade, uma foto do quadro em um tópico da comunidade da minha sala de cursinho (burrice né, mas eu gosto de tentar interagir com pessoas que convivem comigo diariamente). Para minha surpresa (ou não) o tópico foi deletado pela moderadora algumas horas depois. Sinceramente, não entendi.
Fiquei imaginando se ela teria pensado que aquilo era uma “brincadeira de mau gosto”, que meu orkut teria sido invadido, que eu seria uma depravada e coisas do gênero. Cheguei a cogitar que as pessoas da comunidade já teriam visto o tal quadro e por isso não havia necessidade de deixar o link lá. Mas, levando em consideração o nível cultural de 80% da minha turma, acho que essa última suposição não é muito plausível.
Que povo pudico. Se em 2008 um quadro como esse ainda causa espanto, imagine o que foi em 1866…

Read Full Post »

05/06/2008

Guria reclamando com o colega ao lado sobre a leitura obrigatória do vestibular:
– Que merda que são esses livros. São Bernardo é do tempo da minha mãe!
Meu amor, é mais velho. Acredite.
Além do mais, o que uma pessoa tem na cabeça pra chamar Graciliano Ramos, Machado de Assis, João Antônio, entre outros, de merda?
Se gosto é igual cu, existem uns cus bem esquisitos por aí…

Read Full Post »

Semana passada, o professor Yeso deu uma aula sobre metáfora, sinédoque, catacrese e outras coisas com nomes feios. Ele comentou que uma aluna havia feito uma frase muito boa, usando “tortura” como metáfora: Depilação é uma tortura.
Muito bom exemplo. Mas como ser humano do sexo feminino, acredito que existem torturas piores (sim, mulher sofre). Se é pra fazer metáfora, vamos lá:
Cólica menstrual é um gremlin após ter se molhado, dando nós nos meus ovários e virando cambalhotas no meu útero.

Não é assim?

Read Full Post »