Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘filmes’ Category

Redenção

Pausa na programação normal de ficar aproximadamente um milhão de anos sem postar para fazer um comentário que eu julguei super pertinente:
GENTE, e eu que falei mal do Matthew McConaughey aqui e ele tá super cotado pra ser um dos indicados ao Oscar de melhor ator em 2014?
(sem contar o fato de eu tê-lo adorado em “Magic Mike” – sem levar em consideração o lado stripper da coisa, por favor!)
Ator considerado galã interpretando personagem real feio = Oscar!

Read Full Post »

Roupa de cinema

Dia desses vi na Vanity Fair uma lista dos 25 filmes mais e dos 25 filmes menos elegantes de todos os tempos. Fã de listinhas que sou, resolvi fazer a minha dos 10 mais – não necessariamente dos mais elegantes, mas dos filmes que têm um figurino que amo.
Eles não têm ordem de colocação, apenas foram escolhas aleatórias que fiz.

WELCOME TO THE DOLLHOUSE (1995)
As roupas que a Dawn usa só fazem meu amor por ela aumentar.

THE ROYAL TENENBAUMS (2001)
Como se não bastasse ser meu filme preferido, “Os Excêntricos Tenenbaums” tem cenários lindos e figurinos marcantes. Toda menina fã do filme já quis usar um vestido da Lacoste com um casaco de pele (falsa, por favor). Não? Eu já.

GHOST WORLD (2001)
Às vezes eu queria ter 17 anos de novo só pra poder usar as roupas da Enid – e pintar meu cabelo de verde, claro.

AN EDUCATION (2009)
A Londres dos anos 60 inspira roupas gracinha para as mulheres e elegantes & alinhadas para os homens. Tudo muito lindo.

FERRIS BUELLER’S DAY OFF (1986)
Sloane Peterson é a minha personagem feminina dos anos 80 preferida, e eu não me importaria nem um pouco em usar um casaco claro com franjas para ficar parecida com ela.

ANNIE HALL (1977)
Se pudesse, me vestiria como a Annie todos os dias – só não sei se eu teria coragem de sair à rua com a (des)combinação nada discreta de calça larga + colete + gravata.

MARIE ANTOINETTE (2006)
Como não amar os vestidos & penteados extravagantes, com direito a mini-passarinhos pelos cabelos? O único problema é a vontade que dá de comer doces depois de assistir ao filme.

CLUELESS (1995)
Quem consegue não gostar da Cher? Eu não resisto a um conjuntinho.

LOLITA (1997)
Eu queria que todo dia fosse verão para que eu pudesse usar todas as roupas dessa versão da senhorita Dolores Haze.

BREAKFAST AT TIFFANY’S (1961)
Um pretinho-nada-inho clássico para fechar a lista. Vamos combinar que às vezes Holly Golightly pode ser um pouco irritante, mas eu queria todas as roupas dela no meu armário.

Read Full Post »

School Days

Mexo no caderno fingindo algum interesse na aula. A professora fala sobre tênias na barriga e comensalismo, coisas que não faço a menor questão de saber – e ignoro o fato de que biologia é uma das minhas piores matérias.
Olho pela janela e vejo a cidade. É grande aos meus olhos, mas pequena aos olhares do mundo. Um minúsculo caos, no meio dos bilhões.
Lembro de “Os Sonhadores” e por um momento acho que o filme está equivocado. Estou vendo a cidade de cima e, para mim, é bagunça do mesmo jeito, que parece que nunca vai acabar; talvez sossegue ao anoitecer – talvez nem isso.
Ao mesmo tempo que olho o caos, que para mim parece sem sentido, as pessoas trabalham freneticamente. Garis fazem melodias tristes com suas vassouras, padeiros suam na boca do forno e as secretárias dos homens engravatados atendem mil telefonemas – devo parabenizá-las, afinal sabem a função de cada botão (e são muitos).
Penso nisso por minúsculas frações de tempo e logo dou os ombros. Minha única preocupação agora deveriam ser as tais tênias na barriga…

Read Full Post »