Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘frases não-minhas’ Category

23/08/2006

Sonho e um ventinho me acorda. Vento não é uma das coisas mais agradáveis que existem, mas esse me parece até quente.
Agradeço, não preciso de desejos absurdos, de fugir da realidade. Se alguma coisa melhorar, estraga.
Aprendi.


“Só acredito no semáforo
Só acredito no avião
Eu acredito no relógio
Acredito no coração”

Anúncios

Read Full Post »

Isso nunca tinha lhe acontecido.
Ele fazia suas pernas tremerem de um jeito desigual, desatava a falar coisas que nunca teria coragem, “quase tudo quanto fosse natural”.
Foi inevitável.
Suas mãos suavam. Calafrio. Um toque. Um olhar.
Ufa, foi fácil, mas passou muito rápido.
E ela queria mais.

“Põe mais um na mesa de jantar
por que hoje eu vou pra aí te ver
e tira o som dessa TV
pra gente conversar.”

Read Full Post »

08/07/2006

“Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te ver
buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente
… se ela te fosse direta, você a rejeitaria.”

e o chão sumiu debaixo dos meus pés, e foi em uma fração de segundo.
e eu me pergunto: vale a pena tudo isso?
com a mesma fração de segundo do sumiço do meu chão, me respondo:
– não, não vale.

Read Full Post »

16/06/2006

A nossa felicidade é feita de pequenas coisas.
Um simples sorriso pode te fazer ganhar o dia.
Eu ganho o meu só de ouvir a tua voz.

“eu sei é um doce te amar
o amargo é querer-te pra mim
do que eu preciso é lembrar, me ver
antes de te ter e de ser teu
o que eu queria o que eu fazia o que mais?”
(Los Hermanos – Condicional)

Read Full Post »

« Newer Posts