Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \24\UTC 2012

Busca

Quando saí de Guarapuava pra voltar à minha terra natal eu vi uma chance de recomeçar. Não é que eu quisesse esquecer meu passado, porque de certa forma ele sempre vai estar presente, compondo o que sou hoje e o que serei no futuro, mas queria sair dum lugar no qual eu sentia que não pertencia. Já fiz meu discursinho aqui sobre o quanto a cidade em que cresci me decepcionou e acredito não haver necessidade de repetição.
Fui muito feliz em Curitiba por um tempo. Amava a sensação de sair à rua e não conhecer ninguém, mas também sofria com a falta de sorrisos no elevador. Acontece que, no final das contas, acabei percebendo que a capital paranaense nada mais é que uma Guarapuava com mais opções de lazer.
Ficaria muito feliz e me encheria de esperança se alguém me contasse que encontrou uma Curitiba diferente da minha, mas me deparei com um lugar provinciano e com os vampiros de Dalton Trevisan. Eu, justo eu, que tanto quis voltar para o lugar que me viu nascer, só quero ir embora. Isso me faz pensar se o inferno são mesmo os outros. Não conheço nada da vida e criei muitas raízes, o problema é que elas são mais frágeis do que talos de margarida.
O que tem me feito viver (e sobreviver) é que home is wherever I’m with you, meu amor.
Anúncios

Read Full Post »